A entorse de tornozelo é uma lesão comum na prática esportiva, principalmente no futebol. É responsável por cerca de 10 a 15% de todas as lesões desportivas, sendo a faixa etária mais acometida é entre 15 e 35 anos de idade. O mecanismo de torção mais frequente é a inversão do pé associada a flexão plantar do tornozelo, com lesão frequente dos ligamentos do complexo lateral, um dos principais responsáveis pela estabilidade desta articulação. Dependendo da energia envolvida na torção do tornozelo, pode ocasionar inchaço, rouxidão, lesões ligamentares, edema ósseo (ocasionado pelo impacto entre as estruturas ósseas), lesões de cartilagem e fraturas.